segunda-feira, 10 de agosto de 2009

A Nobreza Potiguar


Durante o Império do Brasil, a nobreza nobilitada limitou-se a 4 Barões, sendo um dos quais com Grandeza, o que na prática lhe dava o direito de usar coroa de Visconde no lugar da de Barão. Três Barões eram ligados diretamente a terra. Só um recebeu a mercê pelos relevantes serviços prestados ao País. Segue um resumo da vida e das atividades destes nobres potiguares.


Felipe Nery de Carvalho e Silva
*Santa do Matos/RN 02-05-1829 +Assú/RN 16-08-1893.

Filho de

Antônio da Silva de Carvalho *13-01-1784 +09-08-1877
Maria da Silva Veloso *23-12-1799 +18-05-1827

Casado com

Belisária Wanderley *Assú/RN 13-10-1836 +Natal/RN 13-04-1933

Atividades

Fazendeiro;
Deputado Provincial de 1878-79; 1880-81;

Títulos

Tenente Coronel da Guarda Nacional;
Barão de Serra Branca por Decreto Imperial de 19.08.1888 (gabinete João Alfredo).


Manoel Varela do Nascimento
*Ceará-Mirim/RN 24-12-1803 +Ceará-Mirim/RN 01-03-1881
Filho de

José Félix da Silva
Ana Teixeira Varela

Casado com

Bernarda Dantas da Silva *17-06-1821 +16-07-1890

Filhos

José Félix da Silva Varela;
Manoel Varela do Nascimento Filho;
Ana Teixeira da Silva Varela;
Alexandre Varela do Nascimento;
Isabel Duarte Xavier Varela;
Carlos Varela do Nascimento.

Atividades

Agricultor;
Senhor de Engenho;
Deputado provincial de 1868-69;
Presidente da Câmara Municipal de Extremoz de 1829-32 e 1837-40;
Terceiro Vice-Presidente da Província do RN em 1868.

Títulos
Alferes do Exército Imperial, por patente de 24-04-1828;
Coronel Comandante Superior da Guarda Nacional de Natal em 16-07-1852;
Barão do Ceará-Mirim por Decreto Imperial 22-06-1874 (gabinete Visconde do Rio Branco).


Miguel Ribeiro Dantas
*São José de Mipibú/RN 09-05-1799 +São José de Mipibú/RN 14-06-1881
Filho de

José da Silva Leite
Joana Maria Dantas
Casado com

Maria Florência Viana *1810 + antes de 1834
Filho

Miguel Ribeiro Dantas Junior

Atividades

Senhor de Engenho;
Presidente da Câmara de São José de Mipibú de 07-01-1833 a 07-01-1837;

Títulos
Coronel Comandante Superior da Guarda Nacional;
Barão de Mipibú por decreto imperial de 28-03-1877 (Gabinete Duque de Caxias).


Luis Gonzaga de Brito Guerra
*Campo Grande/RN 27-09-1818 +Caraúbas/RN 06-06-1896

Filho de

Simão Gomes de Brito
Maria Madalena de Medeiros

Casado com

1ª vez com Maria Mafalda de Oliveira *05-01-1823 +18-12-1860;
2ª vez com Josefina Augustina da Nóbrega *11-04-1827 +15-03-1879;
3ª vez com Maria das Mercês de Oliveira *14-05-1858 +02-07-1896.

Filhos

Adrião R. de Brito;
Pautilia;
Lino Constâncio de Brito Guerra;
Maria Ubalda de Brito Guerra;
Maria dos Anjos de Oliveira;
Simôa Gaudiosa de Oliveira;
Neomisia de Brito Guerra;
Margarida Emília de Oliveira;
Teófilo Olegário de Brito Guerra;
Pedro;
Paulo;
Adrião R. de Brito (II);
Boaventura Seráfico de Brito Guerra;
João Crisóstomo de Brito Guerra;
Apolônia Ferreira da Nóbrega;
Felipe Nery de Brito Guerra;
Filomena de Brito Guerra;
Andrônico de Brito Guerra;
Luis Gonzaga de Brito Guerra Filho;
Maria Joana de Brito Guerra;
Eufrozina de Brito Guerra;
Eusebia de Brito Guerra;
José Calazans de Brito Guerra;

Atividades

Bacharel em ciências jurídicas e sociais em Olinda, turma de 1839;
Juiz municipal de Caicó e Acarí de 28-03 a 20-07-1843;
Juiz municipal de Assú, Santana do Matos e Angicos em 02-09-1843 e 17-04-1848;
Juiz de direito de Martins em 17-11-1851. Serviu de junho de 1852 a junho de 1858;
Juiz de direito em Assú de 18-09-1858 até 06-11-1873;
Deputado provincial nos biênios de 1842-43, 1846-47, 1856-57;
1° vice-presidente da província do RN em 20-07-1868;
Presidente da província do RN em 19-08-1868 a 01-09-1868;
Presidente Desembargador da Relação de Ouro Preto/MG 07-11-1873, 04-03-1882 e 20-06-1885;
Desembargador da Relação do Ceará 10-10-1885 a 23-10-1885;
Ministro do Supremo Tribunal de Justiça 23-03-1887 a 10-11-1888.

Títulos

Conselheiro por Carta Imperial de 02-04-1874;
Cavaleiro da Imperial Ordem da Rosa 20-02-1875;
Comendador da Imperial Ordem de Cristo 25-06-1881;
Barão do Assú “com grandeza” por Decreto Imperial de 17-11-1888 (Gabinete João Alfredo).

Um comentário:

  1. Interessante sua colocação, sou descendente direto de Luiz Gonzaga de Brito Guerra, mais precisamente de seu 3º filho do 1º casamento Lino Constâncio de Brito Guerra, que casou com sua tia Maria Idalina Gurgel de Oliveira e que são os pais de Maria da Paz de Oliveira, que casou com seu primo José Cromácio de Brito Guerra e que são os pais de Maximo Guerra que é meu pai. Se voce tiver fotos de alguém dessa turma, gostaria de ver para conhecê-los. Abraço Roberto Guerra

    ResponderExcluir