quarta-feira, 9 de junho de 2010

Avião presidencial é batizado com o nome de Augusto Severo

Avião presidencial "Augusto Severo". Fonte: Aeronáutica.

Avião "Augusto Severo".

Avião presidencial "Augusto Severo".

As aeronaves batizadas de Augusto Severo e Bartolomeu de Gusmão, fazem parte de um conjunto de dois aviões Embraer 190, a ser incorporado à FAB para o transporte presidencial. As aeronaves substituirão os Boeing 737-200, conhecidos como "sucatinhas", que vem sendo usados no transporte do Presidente da República há mais de 30 anos.


O preço de cada aeronave, conforme disse o ministro da Defesa Nelson Jobim, foi de R$ 87 milhões. Sobre esse valor é acrescentado o custo do pacote de suprimentos, que é de R$ 37 milhões. O governo já pagou R$ 154 milhões à Embraer.


Os aviões que servirão ao Presidente da República são modernos, possuem tecnologia que asseguram aos passageiros uma viagem sem ruídos e redução do custo operacional. “O que é fundamental é que se trata de uma bandeira nacional chegando em qualquer lugar do mundo”, afirmou Jobim.


O Embraer 190 faz parte da família de jatos da Embraer batizados de E-jets. Há mais de 600 unidades dessa família voando em todo o mundo. As duas unidades a serem operadas pela FAB possuem capacidade para 54 pessoas, além de espaço privativo para o Presidente da República.

Mais uma significativa homenagem ao ilustre potiguar que pagou com a vida, o sonho iniciado nos morros de Guarapes, onde empinava pipas com seus alunos do Ginásio Norte-riograndense. Augusto Severo é sempre um nome lembrado nacionalmente. Pena ser ainda hoje desconhecido de seus conterrâneos.

Um comentário:

  1. esse avião ainda é simples temos que ter um aviao melhor , aff gente temos que gastar bestei meu

    ResponderExcluir