segunda-feira, 21 de novembro de 2016

Ancestrais de Bento José da Costa

Página do livro de batizados de São Pedro de Atei com o termo de batismo de Bento José da Costa. 


Natural do lugar denominado Bormela, Freguesia de São Pedro de Atei, Distrito de Vila Real, Bento José da Costa nasceu aos 17 de outubro de 1758, foi batizado aos 23 de outubro de 1758, e falecido aos 10 de fevereiro de 1734, com 75 anos de idade. Foi um rico proprietário na Capitania de Pernambuco, e também teve terras no Rio Grande do Norte.

Bento José da Costa e Ana Maria Teodora foram os pais de 11 filhos, destacando-se Manoel José da Costa (1809-1883), primeiro e único Barão de Mercês, por patente imperial de 1870.


Bento José da Costa contraiu matrimônio por volta de 1797, na Freguesia do Corpo Santo em Recife – PE, com Ana Maria Teodora, nascida aos 26 de junho de 1772 e falecida aos 12 de dezembro de 1844, com 72 anos de idade, filha de Domingos Afonso Ferreira, natural da Freguesia de Santa Maria Madalena da Vila da Ponte, Conselho de Montalegre, Distrito de Vila Real, Portugal, nascido aos 14 de fevereiro de 1737, e de Maria Teodora Moreira de Carvalho, natural de Recife – PE, batizada aos primeiro de agosto de 1748 na Freguesia do Corpo Santo em Recife – PE, casados às 20 horas do dia 14 de julho de 1767, na Igreja do Sacramento da Freguesia de Santo Antônio do Recife – PE, neta paterna de Simão Afonso, natural da Freguesia de Viade de Baixo, Conselho de Montalegre, Distrito de Vila Real, Portugal, nascido aos 24 de outubro de 1710, batizado aos 28 de outubro de 1710, e de Isabel Pires, natural da Freguesia de Santa Maria Madalena da Vila da Ponte, Conselho de Montalegre, Vila Real, nascida aos 20 de março de 1706, batizada aos 23 de março de 1706, casados aos 30 de maio de 1736 na Freguesia de Santa Maria Madalena, neta materna de Laurentino Antônio Moreira de Carvalho, natural da Freguesia de Nossa Senhora do Populo, Conselho de Caldas da Rainha, Distrito de Leiria, Portugal, batizado aos 20 de maio de 1715, e de Ana Maria de Lima, batizada aos 28 de março de 1718 na Freguesia do Corpo Santo, Recife – PE.

 Era bisneta paterna (por parte do avô) de João Afonso e de Domingas Gonçalves, naturais da Freguesia de Viade de Baixo, bisneta paterna (por parte da avó) de Domingos Pires, natural da Freguesia de Santa Maria Madalena da Vila da Ponte, Conselho de Montalegre, e de Domingas Gonçalves, natural da Freguesia de São Tomé de Outeiro de Parada do Gerês, Conselho de Montalegre, Vila Real, nascida em 17 de novembro de 1676, casados aos 06 de outubro de 1700 na Freguesia de São Tomé de Outeiro de Parada do Gerês, bisneta materna (por parte do avô) de Lourenço dos Reis Moreira e de Maria Antônia Teodora de Carvalho, casados aos 09 de janeiro de 1714, na Freguesia de Nossa Senhora do Populo, Vila das Caldas, Portugal, Bisneta Materna (por parte da avó) de Antônio Correia Pinto, natural da Freguesia de Azurara, Conselho da Maia, Porto, e de Leandra da Costa Lima, natural da Várzea – PE, trineta paterna (por parte de João Afonso) de Domingos Afonso, trineta paterna (por parte de Domingas Gonçalves, esposa de João Afonso) de Antônio Gonçalves, trineta paterna (por parte de Domingos Pires) de Antônio Pires e de Isabel Pires, trineta paterna (por parte de Domingas Gonçalves, esposa de Domingos Pires) de Pedro Gonçalves e de Maria Alves Pais, trineta materna (por parte de Lourenço dos Reis Moreira) de Manoel dos Reis Moreira e de Maria do Ó, trineta materna (por parte de Maria Antônia Teodora de Carvalho) de João Gomes de Carvalho e de Maria da Conceição, trineta materna (por parte de Antônio Correia Pinto) de Fernando Delgado e de Maria Francisca Luiseta, trineta materna (por parte de Leandra da Costa Lima) de Silvestre Gonçalves Lima, natural de Viana, Portugal, e de Isabel da Costa, natural do Estado de Pernambuco.

Eis o registro de batismo de Bento José da Costa:  

Bento Joseph, filho legitimo de Antonio José da Costa e de sua mulher Maria da Costa, do lugar de Bormella desta freguesia de São Pedro de Atey Comarca de Villa Real, Arcebispado de Braga, neto paterno de Antonio Gonçalves da Costa e de Maria Barroso do mesmo lugar de Bornella, desta mesma freguesia, e pela materna de Antonio da Costa e de Maria Marques, do mesmo lugar de Bormella, desta mesma Freguesia de São Pedro de Atey, nasceu aos dezessete do mês de outubro do ano de mil setecentos e cinquenta e oito, e foi batizado por mim padre José Rodrigues encomendado nesta Igreja de São Pedro de Atey aos vinte e três dias do mês de outubro de mil setecentos e cinquenta e oito, e lhe pus os Santos Óleos, e farão padrinhos o padre Bento de Moura Ribeiro, desta mesma freguesia, e Theresa, solteira, filha de Miguel da Costa Ribeiro e de Fabiana Gaspar do mesmo lugar de Bormella, freguesia de São Pedro de Atey Comarca de Villa Real, e por verdade fiz este assento em que me assinei com o Padrinho, e pela madrinha assinou o seu pai Miguel da Costa Ribeiro a rogo dela, em dia, mês e ano era ut supra. O Encomendado Pe. José Rodrigues. Pe. Bento de Moura.  Miguel da Costa Ribeiro. (Livro de Batismo (1743-1766) da Paróquia de São Pedro de Atei, Distrito de Vila Real, Portugal, p. 216v).



Pais de Bento José da Costa:

Antônio José da Costa, natural da Freguesia de São Martinho de Ares de Boulhe, nascido aos 19 de março de 1730, batizado aos 29 de março de 1730, e falecido aos 03 de agosto de 1765 com apenas 35 anos de idade e Maria da Costa, nascida aos 26 de dezembro de 1732, batizada ao 01 de janeiro de 1732, casados aos 21 de novembro de 1746, na Freguesia de São Pedro de Atei, Distrito de Vila Real, sendo ele com 16 anos de idade, e ela com apenas 14 anos de idade no ato do matrimônio.

Registro de batismo de Antônio José da Costa: p. 29v do Livro de Batizados (1725-1772) da Freguesia de São Martinho do Arco de Baúlhe, Conselho de Cabeceiras de Basto, Arcebispado de Braga.

Antônio José, filho legitimo de Antonio Gonçalves e de sua mulher Maria Barroza, moradores no lugar do Arco, nasceu aos dezenove dias do mês de Março de mil sete centos e trinta, e de minha licença o batizou e pôs os Santos Óleos o Reverendo Vigário de Sam Pedro de Athey Miguel da Silva Ribeiro, em os vinte e nove do mês de Março, e foram Padrinhos Bento Teixeira do dito lugar de Ahey, e Maria, filha de João Carneiro da Silva do lugar do Arco, e por verdade fiz este assento que assinei com os Padrinhos, hoje, vinte e nove do dito mês; era ut supra. Miguel da Silva Ribeiro. Bento Teixeira Álvares.

Registro de batismo de Maria da Costa: Localizado a p. 97 do Livro de Batizados (1719-1743) da Freguesia de São Pedro de Atey.
Maria, filha legitima de Antonio da Costa e de sua mulher Maria Marques do lugar de Bormella desta Freguesia de São Pedro de Athey Nasceu aos vinte e seis dias do mês de Dezembro do ano de mil setecentos trinta e dois anos e foi batizada no primeiro dia do mês de janeiro do ano de mil sete centos e trinta e três por mim o Padre Antonio da Cunha Coadjutor desta Igreja de São Pedro de Athey e lhe pôs os Santos Óleos; foram padrinhos o Capitão Maçal da Costa da Freguesia de Limões, e Madrinha Antonia filha de Feliciano de Affonseca da Telha desta freguesia e por verdade fiz este que assinei era ut supra. O Pe. Antonio da Cunha.

Registro de casamento de Antônio José da Costa e Maria da Costa: Casamento registrado a p. 56v do Livro de Casamentos (1730-1786) da Paróquia de São Pedro de Atei, Mondim de Basto, Vila Real.

Aos vinte e hum dias do mês de Novembro de mil setecentos quarenta e seis anos nesta Freguesia de São Pedro de Athey na presença de mim o Padre Hipólito Manoel Pinto Rebello cura desta dita Igreja de São Pedro de Athey e das testemunhas aqui nomeadas e abaixo assinadas o padre Hipólito digo o padre Bento Moura Ribeiro da Barroca, João Álvares casado com Maria da Guerra, e o Capitão Antonio Borges Leite solteiro filho de João Borges e de sua mulher Maria Marques Leite do lugar de Bormilla todos desta Freguesia de São Pedro de Athey, se receberão e casarão por palavras de presentes nesta dita Igreja de Athey Antônio Joseph da Costa filho Legitimo de Antonio Gonçalves da Costa e de sua mulher Maria Barroza já defuntos, do lugar de Bornilla com Maria da Costa filha legitima de Antonio da Costa já defunto, e de sua mulher Maria Marques, do dito lugar de Bornilla, ambos desta dita Freguesia de São Pedro de Athey, Comarca de Villa Real, Arcebispado Primaz de Braga na forma do Sagrado Concilio Tridentino e Constituições deste Arcebispado, e tiveram as três publicações, digo, as três denunciações canônicas admoestações e não resultou em impedimento algum e de minha parte não há nada que impede de lhe Celebraram o Santo Sacramento do matrimonio que com efeito celebrarão e tiveram bênçãos na forma do estilo e para constar na verdade fiz este termo que assinei com as testemunhas acima ditas. Eu, o padre Hipólito Manoel Pinto Rebello dia mês e Ano ut Supra. O Padre Hipólito Manoel Pinto Rebello. Bento Moura Ribeiro. Antonio Borges Leite. João Alves.

Do casamento de Antônio José da Costa com Maria da Costa nasceram 8 filhos, sendo que Bento José da Costa foi o 5º filho, e o 8º e último filho nasceu 4 meses depois da morte do pai Antônio José da Costa, que foi batizado com o mesmo nome paterno.

 Irmãos de Bento José da Costa:

1- Liberata Joaquina, nascida aos 10 de junho de 1749, batizada aos 18 de junho de 1749 pelo Padre Pedro Martins Pereira, e os Padrinhos foram o Avô Paterno Antônio Gonçalves da Costa e Quitéria Maria de Magalhães Leite, casada com Bento Barroso da Freguesia de São Martinho do Arco de Baulhetes, Conselho de Cabeceiras de Bastos. Livro de Batizados (1743-1766) de São Pedro de Atei, p. 88v e 89.

2- José Bento, nascido aos 24 de janeiro de 1751, batizado aos 28 de janeiro de 1751 pelo Padre Manoel Álvares de Azevedo, e os Padrinhos foram novamente o Avô Paterno Antônio Gonçalves da Costa, e Ana Maria, solteira, filha de Antônio Martins da Cruz e de Antônia da Silva. Livro de Batizados (1743-1766) de São Pedro de Atei, p. 114 v e 115.

3- Francisco Xavier, nascido aos 18 de fevereiro de 1754, batizado aos 25 de fevereiro de 1754 pelo Padre Pedro Martins Pereira, e os Padrinhos foram o Capitão Marçal da Costa Pinto, da Freguesia de São João dos Limões, e Brízida, solteira, filha de Bento Barroso e de Domingas Barroso, do lugar do Juguete, Freguesia de Santo André do Rio Douro. Livro de Batizados (1743-1766) de São Pedro de Atei, p. 159 v.

4- Bernardo José, nascido aos 07 de abril de 1756, batizado aos 11 de abril de 1756 pelo Padre Manoel Álvares de Azevedo, e os Padrinhos foram João Álvares da Guerra casado com Joana da Cunha, e Joana da Costa, Tia Materna. Livro de Batizados (1743-1766) de São Pedro de Atei, p. 180.

5- Luísa Tereza, nascida aos 08 de julho de 1761, batizada aos 16 de julho de 1761 pelo Padre Pedro Martins Pereira, e os Padrinhos foram João Álvares casado com Josefa da Cunha, por Procuração de Manoel Borges de Azevedo, da Freguesia de São Cristovão de Modim, e Luísa da Costa, Tia Materna. Livro de Batizados (1743-1766) de São Pedro de Atei, p. 246v.

6- Delfina Tereza, nascida aos 03 de março de 1764, batizada aos 06 de março de 1764 pelo Padre Manoel Henriques de Magalhães, e os Padrinhos foram Bento da Silva Moura e Josefa Botelho de Souza casada com Antônio José da Costa Ribeiro. Livro de Batizados (1743-1766) de São Pedro de Atei, p. 276 e 276v.


7- Antônio José, nascido aos 18 de janeiro de 1766, após o falecimento do pai dele, em 03 de agosto de 1765, foi batizado aos 21 de janeiro de 1766 pelo Padre Manoel Henrique de Magalhães, e os Padrinhos foram Antônio José da Costa, da Freguesia de São Pedro de Cerna, e Angélica Maria da Costa, do lugar da Extremadura. Livro de Batizados (1743-1766) de São Pedro de Atei, p. 293v e 294.


Avós paternos de Bento José da Costa:

Antônio Gonçalves da Costa, natural de São Pedro de Atei, nascido aos 14 de maio de 1702 e falecido aos primeiro de abril de 1761, com 59 anos de idade, e a 1ª esposa Maria Barroso, natural da Freguesia de Santa Marinha de Pedraça, casados aos 07 de fevereiro de 1729 na Freguesia de Santo André de Rio Douro, Vila Real.

Antônio Gonçalves da Costa, avô paterno de Bento José da Costa, após ficar viúvo, contraiu 2º matrimônio com Ana Maria, irmã de Maria Marques, avó materna de Bento José da Costa, e desse matrimônio nasceram filhos.

Termo de Batismo de Antônio Gonçalves da Costa.

Antº, fº. Legº de Pº Glz; e de Sabina da Costa, do lugar de Chaos, nasceo aos quatorze de Mayo de mil sete centos e dous. Foi baptizado pelo Pe. Simeao Pinto de Mesqtª aos vinte e hú do dº mês. Forao Padrinhos Bento Teyxrª do lugar do Paço, e Brittes, soltrª do lugar do Ribrº. todos desta fregª de S. Pº de Athey. Era ut supra. Antonio Almdª Rego. (Livro de batizados (1677-1703) de São Pedro de Atei, Distrito de Vila Real, p. 72).


Registro de casamento Antônio Gonçalves da Costa E Maria Barroso: Casamento registrado a página 26 (Verso) do Livro de Casamentos (1715-1745) da Freguesia de Santo André de Rio Douro, Conselho de Cabeceira de Basto, Braga.

Aos sete dias do mês de Fevereiro de mil setecentos e vinte e nove na forma do Sagrado Concilio Tridentino e Constituições deste Bispado se Receberão em minha presença com os banhos corridos Maria Barbosa filha de Bento Barroso e de sua mulher Izabel Barroza do lugar de Joguil, e desta Freguesia de Santo André do Rio Douro com Antônio Gonçalves da Costa filho legitimo de Pedro Gonçalves e de Sabina da Costa do lugar dos Chaós da Freguesia de São Pedro de Atey, testemunhas que presentes estavam Francisco Pereira e Manoel Barrozo, e Ventura Gonçalves, todos do lugar de Joguil desta freguesia, e na verdade fiz este termo que assinei era ut supra. O Vigário Antonio Carneyro da Costa. Francisco Xavier. Manoel Barrozo. Ventura Gonçalves

Avós maternos de Bento José da Costa:

Antônio da Costa, natural da Freguesia de São João de Limãos, e Maria Marques, nascida aos 16 de outubro de 1709, casados aos 30 de março de 1730, na Freguesia de São Pedro de Atei, Distrito de Vila Real.

Termo de batismo de Maria Marques:

Maria, fª legitima de Dionizio Marques, e de Thereza da Fonseca do lugar de Brumella desta Fregª de Sam Pedro de Athey nasceo aos dezaceis dias do mez de Outubro do anno de mil sete centos e nove: foi baptizada por mim aos vinte e hum do dtº mez. Forao seus Padrinhos Manoel Alz do dtº lugar de Brumella, e Maria de Moura, fª de David de Moura, do lugar de Vª Pouca, q por não saber escrever assignou por ela Feliciano da Fonseca do lugar da telha todos desta dtª frgª de Sam Pº de Athey, era dia e mez ut supra. Antonio de Almdª Rego. Manoel Alvres. Feliciano da Fonsequa. (Livro Misto (1703-1736) de São Pedro de Atei, Distrito de Vila Real, p. 38 v).


Registro de batismo de Antônio da Costa:

Antônio, filho de Maria Afonso solteira, do dito lugar de Bornella nasceu aos trinta dias do mês de Agosto de mil setecentos e cinco, e foi batizado pelo Padre Simão Pinto de Mesquita meu coadjuntor aos dois dias do Mês de setembro, e lhe pôs os Santos Óleos. Foram Padrinhos Manoel Alves e Senhorinha, solteira, filha de Gaspar Rodrigues, todos do dito lugar de Bormilla desta Freguesia de S. Pedro de Athey ut Supra. Antonio de Almeida Rego.

Registro de casamento de Antônio da Costa e Maria Marques: Casamento registrado a p.2v do Livro de Casamentos (1730-1786) da Paróquia de São Pedro de Atei.
Aos trinta dias do mês de Março deste ano de mil setecentos e trinta em face da Igreja em presença de mim Miguel da Silva Ribeiro Pároco desta Igreja de São Pedro de Athey e das testemunhas Vicente da Cunha do lugar de Fontellas e de Sebastião da Cunha do lugar de Cotegaço se casarão por palavras de presente Antônio da Costa filho natural de Maria Affonso solteira do lugar e freguesia de São João de Limães com Maria Marques filha legitima de Dionísio Marques e de Tereza da Fonceca já defunta do lugar de Bornilla desta freguesia precedendo as publicações nesta freguesia como na de São João de Limãos e que me constou por Certidão do Reverendo Pároco e não tiveram bênçãos por serem proibidos neste tempo, e por verdade fiz e assinei era ut supra. Vicente da Cunha. Miguel da Silva Ribeiro. Sebastião da Cunha.

Bisavós paternos de Bento José da Costa:

A- Pedro Gonçalves e Sabina da Costa, pais de Antônio Gonçalves da Costa.

B- Bento de Moura Barroso e Isabel Barroso, casados aos 27 de junho de 1701 em Santo André de Rio Douro, pais de Maria Barroso.

Aos vinte e sete de junho de mil sete ctºs e hú se Recebeo de minha Lçª em presença do Rdº Frcº Vrª conforme o Sag. Conc. Trid Isabel Barroso fª de Ventura Glz já defunto, e sua m.er Dªs Barrosa do lugar da Saquela, com Bento De Moura Bº, fº de Mª de Moura, soltrª e de Antº Glz, já defuntos do lugar do Siro, todos desta frgª. Tªs Antº Joao, Dºs Glz e Joao Prª todos do lugar do Juquete e desta fregª e na verd.e fis esta lembrança q asinei era ut supra. Frcº Carnº Serra. (Livro de Matrimônios de 1687-1713 de Santa Cruz do Rio Douro, p. 129).


Bisavós maternos de Bento José da Costa:

A- Maria Afonso, solteira, mãe de Antônio da Costa.


B- Dionísio Marques e Tereza da Fonseca, batizada aos 17 de março de 1692, casados aos 07 de abril de 1706, na Freguesia de São Pedro de Atei, pais de Maria Marques.

Termo de batismo de Tereza da Fonseca, bisavó materna de Bento José da Costa:
      
Aos dezacete de mcº de mil seis centos novtª e dous baptisou o Pe. Pº Esteves a Tereza, fª de Dºs da Fonseca e de sua m.er Mª Frcª do lugar da Telha, e lhe pos os Stºs Oleos. Forao Padrinhos M.el Ribrº e sua irmã Brites fºs de Constantino Ribrº era ut supra. Almdª. (Livro de batizados (1677-1703) de São Pedro de Atei, Distrito de Vila Real, p. 43 v).

Termo de casamento entre Dionísio Marques e Tereza da Fonseca:

Aos sete dias do mes de Abri de mil setecentos e seis annos em prezensa de mim o Pe. Semião Ptº de Mesqtª Coadjutor desta fregª de S. Pº de Athey se cazarao por palavras de prezente Dionizio Marquesfº legº de Dºs Marques Vº e de sua m.er Mª Dinis já defunta do lugar de Burmella, e Theresa da Fonsequa, fª legª de Dºs da Fonseca e de sua m.er Mª Frcª do dito lugar sendo tªs Bento Teixrª, e Ventura da Cunha, e Martinho da Guerra; Receberao as bençaos e por verdade me assigney. Declaro que todos são desta dita fregª era ut supra. Martinho da Guerra. O Pe. Semião Ptº de Mesqtª. Bento Teixrª. Ventura da Cª. (Livro Misto (1703-1736) de São Pedro de Atei, Distrito de Vila Real, p. 125).


Trisavós paternos de Bento José da Costa:

A- Antônio Gonçalves e Maria de Moura, solteira, pais de Bento de Moura Barroso.
     
B- Ventura Gonçalves e Domingas Barroso, casados aos 03 de outubro de 1668, na Freguesia de Santo André de Rio Douro, pais de Isabel Barroso.


Aos tres de 8bro de mil e seiscentos e sessenta e oito recebi a Ventura Glz com Domingas Barros ambos do lugar do Juguette desta Frgrª e isto conforme o Sagrado Concilio Tridentino. Tªs q estavao presentes Joao Prª do lugar do Juguette e Joao Barroso de Pasquoto todos desta frgª, e por v.dade fis esta lembrança ut supra. Joao Carvrª. (Livro de Matrimônios de 1658-1686 de Santa Cruz do Rio Douro, p. 78v).

 Trisavós Maternos de Bento José da Costa:

A- Domingos Marques e Maria Diniz, casados aos 31 de agosto de 1665 na Freguesia de São Pedro de Atei, pais de Dionísio Marques.

Termo de casamento entre Domingos Marques e Maria Diniz:

Aos trinta e hú dias do mês de Agosto de mil e seis ctºs e sesenta e sinco asisti eu ao matrimonio em que cazarao Dº Marques, fº de Pº Marques dos cazais e de sua m.er, com Mª Dinis, fª de Gpªr Dinis ferreiro e de sua m.er, e depois de ter lhe corridos os pregoins e não haver impedmtº algum, e lhes dei as bencaos de que foram tªs Dºs da Costa e Joao Marques Joao Perª e outras mais pessoas, e por verdade me asiney. Gªr Frª. (Livro Misto (1625-1666) de São Pedro de Atei, Distrito de Vila Real, p. 107 v).

B- Domingos da Fonseca e Maria Francisca, pais de Tereza da Fonseca.

Tetravós Maternos de Bento José da Costa:

A- Pedro Marques, pai de Domingos Marques.


B- Gaspar Diniz, pai de Maria Diniz.


Nenhum comentário:

Postar um comentário